letering

 


Quem Somos

Com a experiência adquirida desde 1979, e o conhecimento geral do sector segurador, fazem de nós uma escolha de referencia no mercado, permitindo-nos identificar a solução para as suas necessidades e a importância de confiar em nós a sua segurança e protecção do seu património.

Assumimos diariamente, o compromisso junto dos nossos clientes, que nos distinguiram no mercado e em nós confiam, a importancia de estarmos presentes, oferencendo uma situação de conforto no momento em que de nós mais precisam, gerindo actualmente cerca de mais de 3.500 apólices.

Somos uma equipa de profissionais, que cuidamos do melhor aconselhamento na relação garantias/preço. Exploramos a vasta gama de produtos de várias seguradoras, lideres no mercado, propondo-nos desde sempre e com a maior eficácia possivel encontrar uma solução ajustada às suas necessidades. Procurando conciliar a melhor relação qualidade/preço.

Compromisso

Na Gadanho|Seguros, o nosso compromisso é assegurar que os nossos clientes têm as melhores soluções de seguros.

Seguros que o protejam a si, à sua familia e seus bens, feitos da forma correcta e na hora certa, ou seja, nunca tarde demais!

Missão

O nosso trabalho não se resume nem termina com o preenchimento do contrato de seguro. Ele é, apenas o inicio do desafio por nós assumido, iniciando e desenvolvendo desta forma o nosso trabalho ao serviço do Cliente, tratando de toda a gestão inerente ao seu contrato, acompanhando-o em todos os momentos.

Info Legal

Mediador inscrito no ISP, sob o nº 407231599/3 desde 31/10/2007, na qualidade de sociedade de mediação execerndo a actividade nos ramos Vida e Não Vida.

Mais info em www.isp.pt

Seguradoras Vida

  • Lusitania Vida, S.A.
  • Generali Vida, S.A.
  • Real Vida, S.A
  • Mapfre Vida, S.A.
  • Allianz, S.A.
  • Zurich, S.A.
  • MetLife, S.A.

Seguradoras Reais

Informação

Todo e qualquer produto apresentado neste site, não dispensa a leitura da informação pre-contratual legalmente exigivel por lei.

Info Consumidor

De acordo com o previsto no artigo 32º do Dec. Lei nº 144/2006, de 31 de Julho, informa que:
1. Não detem participaçao, directa ou indirecta, superior a 10% nos direiros de voto ou no capital social de quaisquer empresas de seguros;
2. Não existe participação, directa ou indirecta, superior a 10% nos direitos de voto ou no capital social do mediador que seja detida por uma empresa de seguros ou pela mãe de qualquer empresa de seguros;
3. Está autorizado a receber prémios para serem entregues à empresa de seguros;
4. Está autorizado a celebrar contratos de seguros em nome e por conta da empresa ou das empresas de seguros;
5. Não tem poderes de regularização de sinistros em nome e por conta da empresa ou das empresas de seguros;
6. A sua intervenção não se esgota com a celebração do contrato de seguro;
7. A sua intervenção envolve a prestação de assistencia ao longo do periodo de vigencia do contrato de seguro;
8. Baseia os seus conselhos na obrigação de fornecer uma análise imparcial, entendendo-se esta como a obrigação de dar os conselhos com base na análise de um numero suficiente de contratos de seguro disponiveis no mercado que lhe permita fazer uma recomendação, de acordo com critérios profissionais, quanto ao contrato de seguro mais adequado às necessidades do cliente;
9. Não intervêm no contrato outros mediadores de seguros;
10. Assiste o direito ao cliente de solicitar informação sobre a remuneração que o mediador receberá pela prestação do serviço de mediação e, em conformidade fornecer-lhe a seu pedido, tal informação;
11. Sem prejuízo da possibilidade de recurso a tribunais ou aos organismos de resoluçao extrajudicial de litigios, já existentes ou que para o efeito venham a ser criados, as reclamações dos tomadores de seguros e outras partes interessadas devem ser apresentadas junto do Instituto de Seguros de Portugal, directamente ou através do Livro de Reclamações disponivel no estabelecimento do mediador para tal fim.

Informa-se, por ultimo, que o Decreto-Lei nº 144/2006, de 31 de Julho - diploma que estabelece o regime juridico do acesso e do exercicio da actividade de mediação de seguros ou de resseguros -, define o "Agente de Seguros", nos termos da alinea b) do artigo 8º, como categoria em que a pessoa exerce a actividade de mediação de seguros em nome e por conta de uma ou mais empresas de seguros ou de outro mediador de seguros, nos termos do ou dos contratos que celebre com essas entidades.

(informação prestada nos termos e por força do prescrito no artº 32º do Decreto-Lei nº 144/2006, de 31 de Julho)

Organograma